“Brasil é a bola da vez”, diz Lula sobre papel do país no cenário internacional

Facebook
Twitter
LinkedIn

“Eu estou muito otimista com o futuro do Brasil. Eu acho que o Brasil tem uma chance que a gente tem que agarrar com unhas e dentes. O Brasil, definitivamente, é a bola da vez. Tem poucos momentos na história do mundo em que o Brasil participou e foi tão requisitado, foi tão bem aceito como está sendo agora”.

A fala do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, à imprensa nesta segunda-feira (25/9), após a visita do primeiro-ministro do Vietnã, Pham Minh Chính, no Palácio Itamaraty, representa um balanço do que o líder brasileiro observou em viagens internacionais e reuniões com dirigentes de outros países desde que iniciou seu terceiro mandato.

“Se o Brasil souber tirar proveito das oportunidades que estão colocadas para nós em várias áreas, eu acho que o Brasil pode, finalmente, deixar de ser tratado como um país em via de desenvolvimento e ser um país efetivamente desenvolvido”, afirmou Lula.

O presidente frisou que o desenvolvimento tem que ser acompanhado do cuidado com o povo, que precisa de acesso à educação, ao lazer e a empregos decentes. Nessa área, ele lembrou do lançamento conjunto, Brasil e Estados Unidos, da parceria pela promoção global do trabalho digno, na semana passada, em Nova York.

A iniciativa visa a garantir condições adequadas de trabalho em um mundo digitalizado. “Pessoas que trabalham em plataformas, muitos meninos que trabalham de bicicleta e motocicleta, muitas vezes, não têm banheiro para frequentar e tem o problema de falta d’água. Elas têm que ser tratadas com respeito. O que nós queremos é isso. Não é que nós queremos obrigá-lo a trabalhar com a carteira assinada. Ele tem o direito de querer ser empreendedor individual, mas ele tem também o direito de ser tratado de forma decente, com respeito, com seguridade social”, defendeu.

Lula também citou a oportunidade que o país tem de avançar mais no desenvolvimento sustentável. “Em se tratando de energia verde, o Brasil é mais do que a Arábia Saudita é hoje com o petróleo. O Brasil tem um potencial excepcional. Temos tecnologia, temos terra, temos água, temos sol, temos trabalhadores e nós precisamos criar mercado para as coisas que nós seremos capazes de produzir”.

 

Fonte:
Governo Federal

Veja também

Adicionar o seu comentário

dez + 17 =

Em 2002, através de um sonho e um grande desejo que existia no coração de um grupo de pessoas e entidades, lideres juntaram as forças e se reuniram com um único objetivo: montar uma Rádio Comunitária na Cidade de Concórdia.
Este sonho se tornou realidade e hoje a Rádio 104FM se consolida no meio de comunicação e tem o seu papel fundamental na comunidade local e em toda a região.
Sempre com o intuito de levar para a comunidade programação de qualidade, música e informação, é atribuída a ela o título de “A Rádio Mais querida da Cidade”.

CONTATO