Cerca de 2.500 mortos em terremoto no Afeganistão e milhares de feridos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Terremoto com magnitude de 6,3

O Afeganistão foi palco de uma grande tragédia natural neste sábado (17), quando um potente terremoto com magnitude de 6,3 atingiu a região, causando a morte de cerca de 2.500 pessoas e deixando aproximadamente 9 mil feridos. As áreas mais afetadas enfrentam agora um cenário de devastação, com construções em ruínas e a infraestrutura local seriamente comprometida.

Relatos de sobreviventes ilustram a magnitude do desastre. “Tudo virou areia”, contou um deles, referindo-se à súbita transformação da paisagem após o terremoto. O impacto foi tão intenso que muitas das construções tradicionais, feitas de tijolo e barro, não resistiram às fortes vibrações.

Apesar dos números já alarmantes, há a preocupação de que a contagem de vítimas possa aumentar à medida que as equipes de resgate avancem em áreas mais remotas, onde o acesso é limitado e a comunicação é precária. O país, que já enfrenta instabilidades políticas e conflitos internos, agora se vê diante de um desafio humanitário adicional, exigindo esforços nacionais e internacionais para atender às necessidades imediatas da população afetada.

Organizações de ajuda humanitária e países vizinhos já sinalizaram disposição em prestar assistência ao Afeganistão neste momento crítico. A mobilização tem foco tanto nas necessidades médicas e de abrigo para os sobreviventes, quanto na reconstrução da infraestrutura danificada.

O terremoto é um lembrete sombrio das vulnerabilidades geológicas da região, situada em uma zona de alta atividade sísmica. Especialistas alertam para a necessidade de medidas preventivas e de preparação para enfrentar desastres dessa natureza, de forma a minimizar futuros impactos.

A nação afegã, com o apoio da comunidade internacional, agora se une em solidariedade e esforço conjunto para superar mais este desafio e buscar a reconstrução e a retomada de uma vida normal para seus cidadãos.

Fonte:
ClicRDC

Veja também

Adicionar o seu comentário

6 − dois =

Em 2002, através de um sonho e um grande desejo que existia no coração de um grupo de pessoas e entidades, lideres juntaram as forças e se reuniram com um único objetivo: montar uma Rádio Comunitária na Cidade de Concórdia.
Este sonho se tornou realidade e hoje a Rádio 104FM se consolida no meio de comunicação e tem o seu papel fundamental na comunidade local e em toda a região.
Sempre com o intuito de levar para a comunidade programação de qualidade, música e informação, é atribuída a ela o título de “A Rádio Mais querida da Cidade”.

CONTATO