NO AR AGORA!

Voz do Brasil

19:00 20:00

Após reunião, cidades da região de Concórdia decidem manter medidas restritivas até 17 de junho

Publicado em 27 de maio de 2020

As prefeituras da região de Concórdia, no Oeste catarinense, decidiram manter as medidas restritivas nos 14 municípios pelo menos até 17 de junho, como forma de frear a transmissão do novo coronavírus. A medida foi anunciada após reunião por videoconferência pela Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense (Amauc), na manhã de segunda-feira (25).

As administrações locais deverão baixar decreto para que sejam mantidas as medidas de restrição atuais, entre elas o uso obrigatório da máscara, a medição de temperatura dos clientes na entrada de qualquer estabelecimento e o fechamento de espaços públicos de lazer.

Os municípios que fazem parte da região são Alto Bela VistaArabutã , ConcórdiaIpiraIpumirimIraniItáJaboráLindóia do SulPeritibaPiratubaPresidente Castello BrancoSeara e Xavantina. Juntos, eles somam 817 casos de coronavírus, segundo a última atualização do governo catarinense.

Conforme a Amauc, durante a reunião os gestores ponderaram que, por causa do aumento no número de realização de testes para Covid-19 tanto pelo município quanto pelas agroindústrias, em algumas cidades haverá crescimento no número de casos, mas que é importante considerar os pacientes recuperados.

Somente no frigorífico da BRF em Concórdia, entre funcionários e terceirizados, são cerca de 340 diagnósticos de coronavírus, equivalente a 6,6% do total de trabalhadores da unidade. A empresa deverá informar as prefeituras quais os municípios de origem de cada um dos infectados.

Veja algumas das normas restritivas aos municípios da região:

  • Uso obrigatório de máscaras em vias publicas ou qualquer outro lugar fora da residência;
  • Proibida a permanência de pessoas em locais públicos de uso coletivo como parques, praças, espaços de lazer, espaços públicos de atividades físicas e áreas públicas de recreação;
  • Estabelecimentos não essenciais têm que fazer rodízio entre funcionários para atendimento ao público e restringir o acesso de clientes, mantendo distância mínima de 1,5 metro entre eles;
  • Estabelecimentos comerciais em geral têm que disponibilizar álcool em gel, retirar bebedouros com jato inclinado, manter preferencialmente ventilação natural nos ambientes fechados e intensificar a higienização
  • Bancos e afins, e supermercados têm que monitorar a temperatura corporal dos usuários, impedindo o acesso dos que estiverem acima de 37,8ºC e evitar aglomerações no local, com distanciamento mínimo de 1,5 metro entre cada pessoa.

Fonte: G1 SC


Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Current track
Título
Artist