NO AR AGORA!

Super Tarde

15:00 17:00

Após ser intubado três vezes, caminhoneiro de SC se recupera do coronavírus

Publicado em 30 de março de 2021

‘Precisa se agarrar com Deus’, diz Moacir Sonza, de 70 anos, morador de Xanxerê, no Oeste de Santa Catarina

No último sábado (27), o ‘congelado’, como é carinhosamente chamado por amigos, retornou para casa e foi recebido com aplausos de vizinhos e de familiares.

O caminhoneiro aposentado precisou de atendimento médico em Xanxerê e ficou em tratamento por 10 dias. Liberado para viajar, ele foi de caminhão até Dourados (MS), onde mora uma filha, quando novamente ficou mal de saúde.

“Ele foi para o hospital em Dourados e precisou ser intubado. Depois de 10 dias ele recebeu alta e ficou na casa da minha irmã”, conta Marcos Sonza, filho do caminhoneiro.

Sentindo-se mal após a alta, o xanxerense novamente apresentou os sintomas da Covid-19 e precisou ser hospitalizado. Nessa segunda internação o idoso foi intubado onde ficou por mais 10 dias recebendo tratamento médico.

Ainda em Dourados, recuperando seu quadro clínico, seu Moacir precisou ser internado pela terceira vez, só que dessa vez em Nova Andralina, distante 200 km de Dourados.

“Não tinha leito disponível em Dourados e mandaram meu pai para essa cidade. Lá, meu pai ficou mais 10 dias intubado e retornou para Xanxerê na noite de sábado (27)”, conta o Marcos.

Moacir é o motorista mais antigo do Grupo Nova Geração, integrado por outros caminhoneiros da cidade e região. Nesse período, entre idas e vindas dos hospitais para casa, ele emagreceu 30 kg.

Já em casa, rodeado de seus filhos e da esposa dona Maria, Moacir deixa uma mensagem de esperança. “Não podemos perder a fé. A gente precisa se agarrar com Deus”, disse o idoso.

Fonte: nd+


Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Current track
Título
Artist