NO AR AGORA!

Retrô 104

17:00 19:00

Grêmio confirma transferências de Matheus Henrique e Ruan ao Sassuolo, da Itália

Publicado em 11 de agosto de 2021

Volante não deve mais atuar pelo Tricolor, enquanto zagueiro ficará emprestado ao clube gaúcho até dezembro

Grêmio confirmou, no início da tarde desta quarta-feira, as transferências de Matheus Henrique e Ruan ao Sassuolo, da Itália. A informação foi divulgada no site oficial do Tricolor, assim como nas redes sociais do clube italiano.

Matheus Henrique será emprestado até o dia 30 de junho de 2022 ao Sassuolo, com obrigação de compra de 100% dos direitos do volante. Assim, ele não deve mais atuar pelo Grêmio na temporada.

Já Ruan teve a venda de 100% dos direitos ao Sassuolo, que acertou a permanência do zagueiro no Grêmio sob condição de empréstimo até o dia 31 de dezembro de 2021. O Grêmio mantém 60% do valor do negócio com a saída do zagueiro. O restante do valor será repassado ao Novo Hamburgo e investidores.

Matheus Henrique comemora gol marcado pelo Grêmio diante do Lanús — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Matheus Henrique comemora gol marcado pelo Grêmio diante do Lanús — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Tanto na negociação de Matheus Henrique, como a de Ruan, o Grêmio manterá 10% de mais-valia. Ou seja, numa futura transação de um dos jogadores, o Tricolor receberá esse percentual em cima da diferença entre o valor pago pelo Sassuolo ao Grêmio e o recebido pelos italianos em uma eventual venda.

Matheus Henrique deixa o Grêmio após disputar 139 jogos, com 11 gols marcados. Promovido ao grupo principal em 2017, o volante formou nos seus melhores momentos uma dupla com Maicon que serviu como base para o que o técnico Renato Portaluppi chamou de “o melhor futebol do Brasil”. Em 2019, chegou a ser convocado para a Seleção pelo técnico Tite.

Ruan, zagueiro do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

Ruan, zagueiro do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

Ruan tinha contrato apenas até dezembro de 2022 e um dos menores salários do elenco atual. O zagueiro poderia assinar um pré-contrato com qualquer clube a partir de junho do ano que vem

O jogador de 22 anos entrou de vez no rol de observados por clubes europeus neste ano após ter sequência com as lesões de Geromel e Kannemann. A pressão dos interessados aumentou, e o risco do defensor sair sem render nada acelerou a chance de saída.

Fonte: GE


Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Current track
Título
Artist