NO AR AGORA!

THE LOVE SOUNDS

22:00 24:00

Mulher encontra rato dentro de embalagem de molho de tomate em SC

Publicado em 10 de novembro de 2021

Uma moradora de São Domingos, no Oeste catarinense, encontrou um rato dentro de uma embalagem de molho de tomate. Ela estava fazendo uma lasanha e o corpo do animal acabou caindo dentro da panela. A moradora precisou jogar todo o alimento fora.

A advogada Juliana Bertoni, representante da fabricante do molho de tomate, disse que o conteúdo é falso e que a situação relatada é “impossível de acontecer”. “O molho é levado a mais de 100ºC, não tem como o corpo do rato permanecer ali”, declarou a advogada.

Ela também disse que a empresa atende a todos os critérios de qualidade e que se colocou à disposição para verificar a situação. Porém, como o consumidor descartou o produto, não será possível fazer a análise.

Relato

 

O caso ocorreu no sábado (6) por volta das 11h. Inês Meotti contou como tudo aconteceu.

“Estava fazendo umas lasanhas. Sempre uso um pouco de molho. Pus o pacote todo. Estava trancando, apertei e saiu o rato de dentro! Tive que pôr fora tudo”, afirmou.

Ela disse que ficou “apavorada” ao ver o corpo do animal e mostrou o que aconteceu a vários familiares.

“Estou apavorada, me revoltou o estômago. Foi uma coisa assim, que você não tem noção, o que é deitar de noite na cama e em três, quatro dias só ver rato na tua frente. É uma coisa muito nojenta”, disse.

Segundo as regras da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no molho de tomate podem conter pelos de roedores em uma proporção de um para 100 gramas, assim como fragmentos de insetos. Segundo o órgão, os animais podem entrar em contato com o alimento nas lavouras, transporte ou armazenamento.

Cobra em couve-flor

 

Cobra estava dentro de uma embalagem de couve flor — Foto: GOR/Reprodução

Cobra estava dentro de uma embalagem de couve flor — Foto: GOR/Reprodução

Este não foi o único animal encontrado dentro de um alimento recentemente em Santa Catarina. Em Porto Belo, no Litoral Norte, uma jararaca-dormideira foi achada dentro de uma embalagem de couve-flor em setembro. Segundo o grupo de resgate que atuou na ocorrência, a moradora encontrou a cobra no momento em que ia cortar o legume. A espécie não é venenosa.

FONTE G1 SC


Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Current track
Título
Artist