NO AR AGORA!

Bom Dia Concórdia

08:00 11:30

Novo Decreto libera retorno de algumas atividades em Concórdia

Publicado em 2 de março de 2021

Decisão foi tomada após reunião com hospital, equipes de enfrentamento à Covid e Associação dos Municípios

O município de Concórdia publicou na tarde desta terça-feira, 2, o Decreto 6.618, que prevê novas medidas de enfrentamento à Covid-19. Os detalhes foram explicados pelo prefeito Rogério Pacheco em uma entrevista coletiva à imprensa. Antes de tomar a decisão, o prefeito ouviu o Hospital São Francisco, equipes de enfrentamento à Covid, que reúnem representantes de entidades como CDL, ACIC, FIESC, além de autoridades de segurança pública como Polícia Civil, Militar, bombeiros, Defesa Civil e Vigilância Sanitária, secretários municipais de Saúde, Educação e Administração e a Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense-Amauc.

O decreto de Concórdia, que é válido das 6h de quarta-feira, 3, até às 23h de sexta-feira, 5, embasará novamente os encaminhamentos dos demais prefeitos da Amauc, uma vez que os casos mais graves desses municípios, são transferidos para internação no Hospital São Francisco. Então, as medidas são adotadas de forma conjunta, para diminuir os casos de contaminação pelo vírus. Pacheco explicou que em Concórdia, a paralisação iniciada na noite de sexta-feira, 26, foi muito importante e evitou o colapso do hospital.

O comércio retoma seu atendimento nesta quarta-feira, 3, devendo observar o limite máximo de 50% de sua capacidade de ocupação. O mesmo vale para oficinas, casas agropecuárias, clínicas veterinárias, agências bancárias e casas lotéricas. Restaurantes poderão funcionar das 6h às 15h. Após este horário, somente com delivery até às 23h. O transporte coletivo urbano voltará a circular com 50% de sua capacidade de passageiros sentados. As aulas na rede pública municipal estão suspensas, sendo retomadas a partir do dia 8 de março.

“Permanecemos em estado de alerta. Foi dado um passo importante do final de semana até hoje, mas não podemos relaxar nos cuidados”, destacou o prefeito Rogério Pacheco. Aproveitou para pedir a todos, que encarem com muita seriedade a pandemia. “É um desafio para todos nós, fazer com que a cidade possa continuar seguindo com suas atividades. Vamos flexibilizando os setores aos poucos, para não corrermos riscos maiores”, observou.

Fechados

Ficam expressamente suspensos de funcionamento, na vigência do Decreto, bares, casas noturnas, clubes, sedes sociais, campings, eventos sociais, apresentações artísticas de qualquer natureza, missas e cultos religiosos. Também estão proibidas reuniões familiares em residências, sítios e áreas comuns de condomínios, em que se constate a presença de pessoas não pertencentes ao núcleo familiar, que resida no local.

Ainda, suspenso o atendimento em academias de atividades físicas em geral, escolinhas de esportes e centros de treinamento. Não são autorizadas aulas presenciais das redes pública e privada de ensino municipal, estadual e federal, incluindo educação infantil, ensino fundamental, nível médio, educação de jovens e adultos, ensino técnico, ensino superior, escolas de idiomas e cursos livres. Nos estabelecimentos cujo funcionamento for autorizado, está proibida a entrada de menores de 12 anos, sendo permitido o ingresso de apenas uma pessoa por núcleo familiar.

Vacinas

O prefeito Rogério Pacheco adiantou que na última semana, retomou negociações junto a Federação Catarinense das Associações de Municípios – FECAM, para a aquisição de vacinas, com apoio da Confederação Nacional dos Municípios – CNM. Concórdia têm recursos reservados para esta compra. A Administração Municipal fez esta previsão no orçamento de 2021, enviado para a Câmara de Vereadores no ano passado. Embora esta prerrogativa seja de responsabilidade, pela ordem, do Governo Federal e depois do Estado.

Fonte: Prefeitura de Concórdia

 


Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Current track
Título
Artist