NO AR AGORA!

Bom Dia Concórdia

08:00 11:30

Transferências de pacientes catarinenses são canceladas por lotação no Espírito Santo

Publicado em 12 de março de 2021

Após suspender por dois dias a transferência de pacientes em tratamento contra a Covid-19 para o Espírito Santo, a SES (Secretaria de Estado da Saúde) e o CBMSC (Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina) informaram que os transportes foram finalizados. Quase 400 pacientes aguardam leitos de UTI Covid em Santa Catarina.

As transferências haviam iniciado na última quarta-feira (3). – Foto: CBMSC/Divulgação/NDAs transferências haviam iniciado na última quarta-feira (3). – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

Agravamento da pandemia no Espírito Santo

A decisão foi divulgada nesta sexta-feira (11) em decorrência do aumento da demanda do atendimento na região de Vitória, cidade para onde os pacientes seriam transferidos.

O estado capixaba também vive um agravamento na pandemia e, por isso, não é possível mais ceder leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) a pacientes catarinenses.

De acordo com o painel de ocupação de leitos hospitalares do governo do Espírito Santo, o total de ocupação das UTIs é de 84,5%, enquanto os de enfermaria é de 75,5%.

“Nossos profundos agradecimentos ao governo do Estado do Espírito Santo e a Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo pelo suporte e pela acolhida dos cinco pacientes de Santa Catarina”, disse a SES e o CBMSC em nota à imprensa.

A reportagem entrou em contato com a SES para informações sobre como ficam os pacientes que aguardam por um leito de UTI após o cancelamento desta alternativa de transferência. Não recebemos retorno até a publicação.

Quatro catarinenses seguem no ES

A expectativa inicial era de que 16 pessoas fossem transferidas para o estado capixaba, mas apenas cinco foram levadas para tratamento no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, no município da Serra (ES), região da Grande Vitória.

Dos cinco catarinenses transferidos, quatro ainda seguem em tratamento no Espírito Santo. O primeiro a ser levado ao Estado capixaba, Daniel Pegoraro, de 34 anos, morador de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, morreu três dias depois de chegar ao hospital, no sábado (6).

segundo paciente transferido foi um homem de 67 anos, também morador de Chapecó. Ele estava internado na UPA 24h (Unidade de Pronto Atendimento), segundo a Prefeitura de Chapecó. Ele chegou ao estado capixaba na quinta-feira (4).

A terceira transferência ocorreu no sábado. Uma idosa de 70 anos, que estava em aguardando um leito de UTI em São Miguel do Oeste, no Extremo-Oeste, foi a terceira catarinense com Covid-19 a ser transferida.

O quarto paciente transferido nesta terça-feira (9) foi um homem de 59 anos, que estava internado no HRO (Hospital Regional do Oeste), em Chapecó.

Já o quinto paciente não foi transportado pela aeronave Arcanjo 02 do Batalhão de Operações Aéreas (BOA) do CBMSC. O ND+ solicitou informações à SES sobre como e quando foi transferido o quinto paciente catarinense, mas não obteve retorno até a publicação.

Fonte: nd+


Opinião dos Leitores

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Current track
Título
Artist